×

Este website utiliza cookies. Ao utilizar este website, você está aceitando nossa Política de Privacidade.

Reagentes Wako e sua função nos estudos biológicos atuais

16th May 2017

Reagentes Wako e sua função nos estudos biológicos atuaisBiologia: definida como "a ciência da vida", de acordo com seu significado etimológico, é a ciência que estuda os diversos organismos que cobrem o planeta e seus fenômenos comuns, como as suas origens, sua continuidade, sua diversidade e suas relações.

É uma ciência antiga, já que o estudo dos animais e das plantas foi de importância vital para a sobrevivência dos antigos colonizadores, mas ao mesmo tempo relativamente jovem, considerando que o termo "Biologia" foi cunhado pelo naturalista francês Jean-Baptiste Lamarck (1744-1829) no ano de 1800 e a descoberta da estrutura do DNA por Watson e Crick, liderando a revolução biológica, ocorreu na segunda metade do século XX.

A biologia é uma ciência dinâmica de grande importância na atualidade. É reestruturada constantemente nas mentes dos cientistas; se revitaliza com cada descoberta que levantam novos questionamentos, desafios e oportunidades.

Devido à complexidade do seu estudo e o aumento relevante do conhecimento durante os últimos cem anos, tem sido necessária a subdivisão desta ciência em áreas mais especializadas e recorrer ao auxílio de outras disciplinas científicas. Desta forma, existem ramos da biologia que podem estudar qualquer um dos reinos existentes em seus diferentes níveis: Genética, Biologia celular, Biologia molecular, Bioquímica, para citar alguns exemplos. Por outro lado, existem ramos especializados em alguns reinos como a Microbiologia e a Biologia Vegetal. Outros, em algum organismo, como a Virologia, a Ictiologia e a Entomologia que estudam os vírus, peixes e insetos, respectivamente. Mas também existem ramos que abordam ecossistemas gerais, como a Biologia Marinha e a Ecologia.

A empresa Wako oferece um amplo catálogo com ferramentas importantes para os pesquisadores nas áreas de Biologia celular, Biologia Molecular e Biologia Vegetal.

Compreender o funcionamento dos sistemas celulares e das suas estruturas, e como essas células se regulam é a principal tarefa dos acadêmicos que desenvolvem seus estudos na biologia celular. Dois dos reagentes de biologia que a Wako lista no seu catálogo são de especial interesse no progresso das investigações em culturas celulares.

Matriz celular de colágeno tipo 1-A

A empresa Wako coloca à disposição dos pesquisadores uma solução de colágeno tipo 1, derivada do tendão suíno, para a cultura de tecidos sobre géis de colágeno. No uso in vitro, o colágeno atua na adesão, crescimento, diferenciação e morfologia das células. Tem sido demonstrado que a microestrutura da matriz de colágeno tem um comportamento que permite a adesão das células, estabelecendo uma interação célula-matriz para o desenvolvimento de qualquer tecido através da engenharia de tecidos. Além disso, usado em modelos animais, por exemplo, tem um comportamento de material autólogo que poderia evitar reações de rejeição imune, tornando-se uma escolha de interesse para a medicina regenerativa.

Sericina

A Sericina pode ser encontrada na Wako de forma pura, como uma alternativa mais eficaz para o Soro Fetal Bovino (FBS) como um meio de cultura em células de mamíferos. Além disso, é um meio de congelamento livre de soro que contém Sericina a 1%m/v. É uma proteína extraída do processo de desengoma da seda, fortemente hidrofílico, com propriedades adesivas como a gelatina. Entre as suas funções biológicas são relatadas a resistência à oxidação, atividade antibacteriana, proteção contra a radiação solar ultravioleta (UV), fácil absorção e liberação de umidade, inibição da atividade da Tirosina e da Quinase, aditividade celular, propriedades anticoagulantes e anticancerígenas, ademais, é biocompatível e biodegradável, ativa a produção de colágeno nas feridas e induz a epitelização. Estudos recentes têm demonstrado o potencial uso da Sericina nos produtos biomédicos, farmacêuticos, cosméticos e alimentícios.

A biologia molecular tenta explicar os fenômenos da vida através das suas propriedades macromoleculares. Duas macromoléculas chamam a sua atenção: os ácidos nucleicos e as proteínas. Para o seu estudo, os pesquisadores podem encontrar reagentes para laboratório nos catálogos da empresa Wako:

Equipamento de extração de DNA SP

Os equipamentos para a extração do DNA contido no soro e plasma é um produto exclusivo da Wako, mediante o qual é extraído de forma eficaz aproximadamente 100% do DNA livre da amostra, através da centrifugação segura com iodeto de potássio e álcool. Desta forma, são minimizados os riscos de manipulação ao não utilizar fenol e/ou clorofórmio, a contaminação ao usar um único tubo de centrifugação, e as perdas de material genético. Esta ferramenta é um reagente de grande potencial clínico não apenas no prognóstico de câncer em seres humanos, mas também em estudos de "Diagnóstico Fetal não-Invasivo" (NIPD) ou "DNA livre de células" (cfDNA) para a detecção precoce, em fetos, de alterações cromossômicas como a síndrome de Down, e em aplicações para estudar o estado da saúde de um órgão transplantado.

NCDM-32b

Outro produto Wako de exclusividade mundial é o inibidor do gene JMJD2C ou KDM4C. A lisina demetilase 4C é uma enzima codificada por este gene, que atua como uma demetilase de histonas trimetiladas específicas. Esta modificação altera as propriedades do nucleossoma e afeta suas interações com outras proteínas, particularmente no processo de transcrição do gene. As aberrações cromossômicas e o aumento da expressão transcricional deste gene estão associados com o carcinoma esofágico de células escamosas, tem sido sugerido no câncer de pulmão e demonstrado em subtipos de câncer de mama. O inibidor de NCDM-32b foi sintetizado com base na estrutura cristalina do modelo da KDM4A. Inibe a atividade da família KDM4 com alta seletividade para KDM4C. Isso prejudica a proliferação e a transformação dos fenótipos de câncer de mama, além de ter sido observada a supressão da expressão do oncogene MET.

Em relação ao reino vegetal, a Wako oferece uma variedade de reagentes para os estudos dirigidos à biologia vegetal.

Conjunto (A) de 5 Reguladores para o Crescimento Vegetal

O conjunto A é um composto formado por uma seleção de 5 fito-hormônios pertencentes aos grupos das Auxinas (regulam o crescimento vegetal) e Citocininas (promovem a divisão e a diferenciação celular). Adicionado aos meios de cultura de tecidos vegetais (MS, LS e B-5) para controlar o crescimento das plantas.

Higromicina B

A Higromicina B é um antibiótico bacteriostático que inibe especificamente a síntese de proteínas em procariotas e eucariotas. É um antibiótico de seleção em experimentos de transferência gênica, especialmente para a transformação de células vegetais. Suas aplicações incluem estudos para a transformação do Nannochloropsis sp., uma alga fotoautótrofa de grande importância para a produção de ração animal, biocombustíveis e nutracêuticos; a geração de plantas livres de marcadores e no controle de doenças de plantas através da hipovirulência de fungos fitopatogênicos.

Bibliografia

1) Barajas-Gamboa, J. S. (2016). Aplicaciones de la sericina: una proteina globular proveniente de la seda. Revista Ingeniería y Competitividad, 18(2), 193-206.

2) González Mendez, S. J. (2009). Cultivo in vitro con colágeno y fibroblastos humanos de un equivalente de mucosa oral de espesor total. Revista Española de Cirugía Oral y Maxilofacial, 18(2), 98-106.

3) Katoh, M. (2004). Identification and characterization of JMJD2 family genes in silico. International Journal of Oncology, 24(6), 1623-8.

4) Kilian, O. B. (2011). High-efficiency homologous recombination in the oil-producing alga Nannochloropsis sp. Proceedings of the National Academy of Sciences, 108(52), 21265-21269.

5) Lauren P. Blair, Q. Y. (Octubre de 2012). Epigenetic Mechanisms in Commonly Occurring Cancers. DNA and Cell Biology, 31(S1), 49-61.

6) Tobón, L. F. (2014). Cultivo de células troncales de médula ósea de rata (rCTMO) en matrices de colágeno tipo I, para su uso en protocolos de regeneración de tejidos. Bogotá, D.C.

7) Ye, Q. H. (2015). Genetic alterations of KDM4 subfamily and therapeutic effect of novel demethylase inhibitor in breast cancer. American Journal of Cancer Research, 5(4), 1519-1530.

8) Yu, X. L. (2010). A geminivirus-related DNA mycovirus that confers hypovirulence to a plant pathogenic fungus. Proceedings of the National Academy of Sciences , 107(18), 8387-8392.

REAGENTES DE LABORATÓRIO DE BIOLOGIA:

VA一044 Bialophos sal de sódio Bambaker™
VA一044 Bialophos sal de sódio Bambaker™

Por: Adriana Clegg Em: Produtos Wako