Wako Chemicals, uma empresa comprometida com o meio ambiente: O ar e o homem

24th August 2017

Wako Chemicals, uma empresa comprometida com o meio ambiente: O ar e o homemEm um artigo anterior, comentamos sobre o fenômeno das alterações climáticas, seus impactos sobre as espécies e os ecossistemas, o considerável interesse a nível internacional para esta questão e as estratégias práticas que ajudam a reduzir ou melhorar os efeitos negativos esperados do mesmo. Da mesma forma, referenciamos o compromisso da Wako Chemicals com o meio ambiente, com ênfase na qualidade da água. Um fornecedor de reagentes para laboratório, que segue os regulamentos ambientais japoneses para proteger a qualidade da água e dos organismos aquáticos e que conta com um catálogo importante de padrões analíticos e de colunas para a análise das diferentes substâncias que alteram as suas condições naturais.

No presente artigo, falaremos sobre os outros produtos que a  Wako Chemicals desenvolve para fins de pesquisa no meio ambiente. Por exemplo, para a análise de poluentes como a Dioxina, os Perfluorcarbonetos ou biocidas, como o Fumarato de dimetila.

Quando se fala de aquecimento global e mudança climática, todos reconhecem o dióxido de carbono como o principal impulsor devido a sua ação de efeito estufa na atmosfera. Contudo, não é o único. Muitos outros compostos gasosos e de partículas, chamados de "forçadores do clima", estão envolvidos. Embora ainda não chegamos a entender como a mudança climática pode afetar a qualidade do ar, e vice-versa, estas estão intimamente ligadas no que diz respeito às fontes, processos atmosféricos e impactos sobre o meio ambiente e a saúde humana.

Os Perfluorcarbonetos (PFC), bem como outros gases fluorados, foram sintetizados com o objetivo de substituir os clorofluorcarbonetos (CFC) e outras substâncias com alto poder destrutivo do ozônio estratosférico, já que não agridem a camada de ozônio. No entanto, têm um alto potencial de aquecimento atmosférico, uma grande permanência na atmosfera, o que contribuem para o efeito estufa e uma tendência de bioacumulação. Razões que os fizeram ganhar um lugar no Protocolo de Quioto. O PFC é usado principalmente no setor eletrônico, na indústria cosmética e farmacêutica, bem como em agentes de refrigeração em menor grau. Quanto ao homem, uma importante via de exposição é através da água potável; por isso, alguns países já estabeleceram padrões de qualidade da água para o PFC.

Presep®-C PFC (curto) e Presep®-C PFC-II são duas colunas para a extração em fase sólida, disponíveis no catálogo da Wako, preenchidas com divinilbenzeno e resinas de polimetacrilato. Presep® PFC-II mostra um alto rendimento na recuperação do PFC, com uma ampla gama de comprimentos de cadeias de carbono. Permitem a recuperação de traços de PFC na água e são usados como pré-tratamentos para PFC como o ácido perfluorooctanóico (PFOA) e o ácido perfluorooctanossulfônico (PFOS).

As dioxinas, um grupo de produtos químicos clorados poluentes ambientais persistentes, se formam naturalmente em erupções vulcânicas e incêndios florestais, apesar de serem principalmente subprodutos de processos industriais. Devido a sua persistência, se bioacumulam, principalmente no tecido adiposo dos animais devido a sua solubilidade em gorduras e, a partir daí, a ingestão de produtos de origem animal é a principal via de exposição humana às dioxinas. As dioxinas são altamente tóxicas e seus efeitos variam desde problemas de reprodução e desenvolvimento até o câncer. Tem sido estudado que as dioxinas são suscetíveis à biodegradação no ambiente, o que resulta em uma alternativa mais viável contra a degradação por calor ou produtos químicos.

A Empresa Wako possui produtos dedicados à pesquisa ambiental das dioxinas. Wakogel® DX é um gel de sílica garantido para baixas concentrações de dioxinas. Também foi desenvolvida uma série de colunas para a limpeza de amostras por cromatografia multicamadas em gel de sílica - carvão ativado: Presep® Gel de Sílica Multicamada, Presep® Gel de Sílica impregnado de Carvão Ativado, Presep® Gel de Sílica Misturado com Carvão Ativado, Presep® Gel de Sílica impregnado de Carvão Ativado (Fase Invertida), colunas que simplificam e agilizam a análise das dioxinas.

Por último, o padrão de 2,2',3-Tri-hidroxibifenila usado em substratos de microrganismos para a degradação das dioxinas.

O Fumarato de dimetila, outro dos reagentes incluídos no catálogo da Wako Chemicals para a análise ambiental nos artigos domiciliares, é uma substância conhecida pelos seus usos para o tratamento de doenças dermatológicas, como a psoríase, e como fungicida no transporte e armazenamento de mercadorias, bem como pelos seu potente efeito sensibilizante cutâneo. Recentemente, a Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) aprovou seu uso como fármaco de primeira linha para o tratamento da doença neurológica Esclerose Múltipla.

Bibliografia

1) Agencia Española de Medicamentos y Productos Sanitarios. (2015). INFORME DE POSICIONAMIENTO TERAPÉUTICO PT-DIMETIL_FUMARATO/V1/22042015. Informe de Posicionamiento Terapéutico de dimetilfumarato (Tecfidera®). Departamento de Medicamentos de Uso Humano. Ministerio de Sanidad, Servicios Sociales e Igualdad.

2) Agencia Europea de Medio Ambiente. (22 de Abril de 2013). Cambio Climático y Aire. Obtido em 5 de agosto de 2017, de European Environment Agency: https://www.eea.europa.eu

3) Organização Mundial de Saúde. (Outubro de 2016). As dioxinas e seus efeitos na saúde humana. Nota descritiva. Obtido em 5 de agosto de 2017, de http://www.who.int

4) Pan, G., Zhou, Q., Luan, X., & Fu, Q. (2014). Distribution of perfluorinated compounds in Lake Taihu (China): impact to human health and water standards. Sci Total Environ, 487, 778-784.

OUTROS REAGENTES PARA LABORATÓRIO:

Dicamba Série de padrões de frutooligossacarídeos Padrão de geosmina
Dicamba Série de padrões de frutooligossacarídeos Padrão de geosmina

Por: Adriana Clegg Em: Produtos Wako