x

Este website utiliza cookies. Ao utilizar este website, você está aceitando nossa Política de Privacidade.

Venda de enzimas para pesquisa na América Latina

24th March 2015

Venda de enzimas para pesquisa na América LatinaAs enzimas são substâncias endógenas dos organismos vivos que permitem que as reações químicas aconteçam em condições energeticamente mais favoráveis. Em muitos casos, sem a presença da enzima correspondente, a reação não poderia ocorrer, sendo estas moléculas as que permitem que a temperatura e pressão externas dos seres vivos obtenham produtos indispensáveis para a vida. Ao pesquisar qualquer tema relacionado com as reações biológicas é necessário contar com enzimas, que sejam procedentes de organismos vivos ou sintetizados nos laboratórios.

Entre as enzimas que podem ser compradas na Wako, encontram-se a cromopeptidase, a lisil endopeptidase, a sorbitol desidrogenase e as endoproteinases Asp-N y Glu-C. Comentaremos algumas aplicações destas enzimas com a finalidade de que os pesquisadores constatem que não é necessário recorrer a empresas com sede na Europa ou nos estados Unidos para comprar reagentes úteis para os projetos de pesquisa.

Sorbitol desidrogenase

A sorbitol desidrogenase é uma enzima muito útil nas pesquisas sobre o diabetes, já que participa do metabolismo dos carboidratos e fornece ao organismo uma via de conversão do sorbitol em frutose, impedindo que o sorbitol se acumule e cause danos nos tecidos. Naqueles que sofrem de diabetes muitas das patologias que causam esta doença se relacionam com a ação da sorbitol desidrogenase. A sorbitol desidrogenase também é muito útil em pesquisas de processos ligados à fotossíntese nas plantas, pois o sorbitol é o principal produto da fotossíntese. Além disso, a medida da atividade desta enzima é utilizada para o diagnóstico de doenças hepáticas.

DESCUBRA: 9 reagentes úteis para pesquisa do diabetes

Lisil endopeptidase

A enzima lisil endopeptidase é a encarregada das ligações peptídicas de resíduos de lisina em proteínas e peptídeos. Aproveitando desta capacidade para a digestão de amostras, a lisil endopeptidase é utilizada em pesquisa para a técnica de Espectrometria de Massas, mediante a qual se pode determinar a estrutura de moléculas complexas pela análise do peso dos diferentes fragmentos que se obtêm, ao se romper as ligações que as mantêm unidas. Esta enzima pode ser usada na digestão das amostras que serão analisadas pela Espectrometria de Massas, graças ao fato de ser liofilizada e pode ser armazenada sem que se perca suas propriedades. Outra das vantagens da lisil endopeptidase é que pode ser utilizada junto a outros reagentes utilizados para a digestão das amostras, obtendo como resultado uma melhora nos resultados, sem interferir em sua ação.

Endoproteinases

As endoproteinases comercializadas pela Wako são a glutamil endoproteinase (Glu C) e a aspartil endoproteinase (Asp N). No caso da endoproteinase Glu C, dependendo do buffer que se use para solubilizá-la, vai romper somente as ligações peptídicas do ácido glutâmico unido pelo carbono ao outro aminoácido ou também as ligações do ácido aspártico e a endoproteinase Asp N rompem a ligação carbono - nitrogênio nos resíduos dos terminais de ácido aspártico e de ácido cisteico. Estas enzimas, semelhantes à lisil endopeptidase são úteis no estudo de moléculas proteicas complexas, que mediante a ruptura de sua cadeia se pode chegar a se elucidar toda a sua estrutura e a determinar os locais de união específica que elas contêm. Neste sentido, as endopeptidases permitem a ruptura das cadeias pelo interior das mesmas, mas não necessariamente o aminoácido pelo qual atuam tem que estar em um extremo para que ocorra a reação, daí o prefixo endo utilizado para nomeá-las.

Acromopeptidase

A acromopeptidase é uma enzima lítica com um amplo espectro que a Wako produz em nível industrial. Tem efeito sobre os micro-organismos Gram-positivos e também sobre alguns Gram- negativos. Esta enzima é capaz de causar a lise celular em micro-organismos pertencentes à família dos estafilococos, estreptococos e leuconostocos. Por estas características, a acromopeptidase pode ser usada em várias pesquisas com micro-organismos. Por exemplo, ao ser ativa em relação a bactérias do gênero Clostridium, a acromopeptidase foi utilizada para estudos relacionados com o dano que este tipo de bactéria causa à saúde humana, principalmente a C. botulinum e a C. difficile. Um dos trabalhos recentes com esta enzima foi desenvolvido pela equipe japonesa liderada por Kenya Honda em que se observou a proteção que pode ser oferecida pelas bactérias obtidas do trato gastrointestinal da população indígena, frente às bactérias patógenas do gênero Clostridium. A empresa Wako comercializa tanto a acromopeptidase purificada como a acromopeptidase sem purificação, podendo o pesquisador escolher entre estes dois produtos, segundo suas necessidades.

Além disso, a Wako comercializa produtos de parceiros comerciais, entre os quais se encontra a marca BioChain® que conta com enzimas muito requisitadas como a ADNasa e a ARNasa, com uma qualidade superior, e a preços muito competitivos. Esta empresa está comprometida com o desenvolvimento de reagentes para que possam ser aplicados em técnicas de análises seguras, como são as técnicas de detecção fluorescentes ou bioluminescentes. Outras das enzimas que a Wako oferece são a T4 ADN Polimerase, a T4 ADN ligase, a proteinase K, a ribonuclease A e a ribonuclease H, todas elas muito usadas nos laboratórios de pesquisas.

Com toda esta variedade de enzimas, os pesquisadores latino-americanos têm a possibilidade de comprar em sua região, com todas as vantagens que isto implica, em empresas como a Wako que distribui seus produtos nos países latinos, contando com sete empresas distribuidoras que cobrem desde os países da América central, até o Chile e Argentina.

Bibliografia

  1. Negm, F. B., Loescher, W., Plant Physiol. 64, 69-73, 1979.
  2. Wada, Y., and Kadoya, M.: J. Mass Spectrom., 38, 117, 2003.
  3. Atarashi, K., Nature 500, 232–236, 2013.

REAGENTES PARA LABORATÓRIOS QUÍMICOS OFERECIDOS PELA WAKO

Triglicerídeos LabAssay – Kit de reagentes Anticorpo monoclonal anti P2X4 Anti-soro (de coelho) contra Asialo GM1
Triglicerídeos LabAssay – Kit de reagentes Anticorpo monoclonal anti P2X4 Anti-soro (de coelho) contra Asialo GM1

Lisa.jpg
Por: Lisa Komski Em: Produtos Wako